“Todo dia bem cedinho a Luiza acorda, tira o pijama e veste a roupa. Ela veste a calcinha, veste a calça, veste a meia, veste a camiseta, veste o casaco e veste o… Jacaré! Jacaré? Não! Jacaré não é roupa, jacaré é bicho! Que maluco!”. Com uma narrativa simples, o cronista Antonio Prata provoca o riso ao descrever cenas que seriam corriqueiras, não fosse a curiosa presença de um jacaré. A experiência com seus dois filhos pequenos fez o autor se perguntar sobre o que gera o riso nas crianças, descobrindo que o aparecimento de um elemento estranho em uma enumeração de objetos familiares causa esse efeito. Daí surgiu seu livro infantil que brinca com a ideia de um jacaré, elemento estranho, aparecer enquanto os pequenos realizam atividades cotidianas, como tomar banho e ir à escola. A narrativa vem acompanhada de ilustrações criativas.

Autor: Antonio Prata
Editora: Ubu Editora

Categorias: Livros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *