skip to Main Content

A preparação Santi dos alunos para o Ensino Médio

A vida é feita de etapas. Desde que nascemos, passamos por diversas fases, e nunca paramos de mudar. Uma das mais importantes transições é a passagem do Ensino Fundamental para o Ensino Médio, em que os alunos passam a ser vistos com outros olhos. É quando começa a se exigir maior maturidade, destreza, autonomia, concentração e muitas outras características essenciais para sua formação. É quando os alunos começam o processo de independência, quando estarão verdadeiramente soltos no mundo para criarem suas próprias histórias e fazerem suas próprias escolhas. E é papel também da escola auxiliá-los nesse processo.

No Ensino Fundamental 2 os alunos se fortalecem como pessoas, aprendem a valorizar e refletir sobre o mundo de forma crítica e construtiva – processos fundamentais para que eles se tornem melhores estudantes, adultos e cidadãos. É necessário que a equipe pedagógica tenha em mente a importância de preparar os alunos para o ensino médio, uma vez que quanto melhor preparados, com mais facilidade lidarão com a vida real fora do ambiente escolar. 

“A base do Ensino Fundamental é o que irá permitir que os alunos tenham maturidade para enfrentar os desafios da nova fase escolar. Estar preparado emocionalmente e intelectualmente, saber fazer uma boa discussão, vivenciar e saber fazer escolhas, questionar, desvendar, elaborar hipóteses e saber quando validá-las ou descartá-las são competências necessárias de se adquirir nesta fase para fazer uso na vida”, explica a Coordenadora do Fund. 2 da Santi, Carolina Honorato.

A fase do Ensino Médio traz com ela desafios de naturezas diferentes das que os alunos lidam durante o ensino fundamental. “Acredito que a chegada de uma nova fase na vida impõe novos desafios. Pensar no futuro, estar mais próximo ao mundo adulto, relacionar-se com o mundo de forma mais protagonista, atuar com autonomia frente aos estudos, entre outras, são questões fundamentais a serem levadas em consideração”, complementa a Coordenadora. 

Ao final do 9º ano é importante que os alunos sejam capazes de opinar criticamente, de refletir sobre seu próprio processo de aprendizagem, vivenciar trabalhos em grupos de forma competente, atuando, compartilhando, dividindo tarefas. É essencial que os alunos sejam capazes de relacionar os conteúdos aprendidos, estabelecendo conexão com o mundo em que vivem e buscando soluções criativas para os problemas enfrentados. 

A Santi sempre recebe ótimas notícias dos alunos que se formaram no Fundamental 2, que muitas vezes conquistam vagas nas escolas que desejam e com ótimo desempenho. Algumas das escolas parceiras costumam nos enviar os dados dos alunos durante o Ensino Médio, e essa avaliação demonstra na prática esse resultado. Para cuidar do processo de transição, a Santi organiza a apresentação de escolas parcerias para os alunos do 9º ano, convida os alunos a se envolverem nesse processo e faz o contato com as famílias que desejam ajuda para entender melhor as escolhas que estão por vir. 

Além disso, são realizadas rodas de conversa temáticas, atreladas às dúvidas e dificuldades do momento. “Buscamos compartilhar ideias, sugestões e caminhos. Como formação, nossos estudantes vivem ao longo do Fundamental 2 situações que visam a formação e integral, praticam diferentes tipos de avaliações e aprendem todos os conteúdos necessários, com base na BNCC, para formação para nova etapa”, finaliza a Coordenadora. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top