skip to Main Content

Como ajudar os adolescentes a enfrentar os desafios do século XXI?

Conviver, como tem sido isto nos dias de hoje? Como nossos adolescentes têm vivenciado e interpretado tantas situações trágicas neste universo tão misturado entre realidade e mundo virtual?

Em um universo em que a mensagem é “você precisa ser feliz!” e que estimula, desta maneira, a fuga da realidade e a anestesia social, os adultos amedrontados buscam proteção à felicidade dos filhos e respostas para todos esses acontecimentos.

Como nós adultos trabalhamos com estes jovens para que eles enfrentem os desafios com coragem e persistência e renovem, acreditem e atuem no mundo de maneira positiva e criativa?

Os holofotes ficam nas tragédias, nas misérias do bullying, mas precisamos compartilhar e refletir sobre a potência, os impactos e os benefícios de um trabalho formativo e preventivo com nossos adolescentes que certamente garantam uma convivência respeitosa e harmônica.

Neste sentido, o trabalho desenvolvido junto aos adolescentes na Escola Santi, evidencia essa potencialidade e envolve quatro eixos fundamentais que embasam as práticas desenvolvidas periodicamente: 

Autoconhecimento – Se conhecer nessa fase adolescente, poder falar sobre, aprender as mudanças físicas e psíquicas típicas dessa fase de desenvolvimento e lidar com as instabilidades típicas do crescer são aspectos que trabalhados em oficinas de sexualidade e rodas de diálogo farão grande diferença.

Trabalho com valores morais – Por meio de diversas práticas, assembleias, dilemas e situações hipotéticas, os estudantes podem refletir sobre diversas situações que envolvem valores universais e são incríveis para que desenvolvam a empatia e a habilidade de se colocar no lugar do outro, sob outro ponto de vista, pensando nas consequências de suas escolhas.

Trabalho reflexivo sobre redes sociais e mundo virtual – Trata-se de reflexões sobre situações reais, conflitos, preconceito, dilemas, cyberbullying, exposição, relação público x privado. São momentos em que tratamos questões do universo adolescente visando desenvolver o pensamento crítico, a capacidade de prevenção e um posicionamento diferenciado e consciente nas redes.

Parceria com as famílias – Dentro da proximidade e trocas frequentes que acontecem em encontros individuais e grupais, tratamos das questões adolescentes, de como podemos lidar de maneira tranquila e nos mantermos conectados aos jovens, podendo ter mais clareza e segurança do que é característico desse momento de ensaio para a vida adulta e o que está precisando de um cuidado maior.

Estes quatro eixos permitem que, do 6º ao 9º ano, o aluno Santi desenvolva uma estrutura de personalidade estruturada fundamental para que assuma de maneira autônoma e responsável as situações típicas do Ensino Médio e posteriormente da vida adulta, se auto regulando.

Periodicamente, também temos nossas reuniões formativas com alunos representantes que atuam trazendo sugestões e melhorias frequentes para a escola, sentindo-se parte da Santi, como protagonistas. Este também é um objetivo que temos quando escolhemos as propostas curriculares do EF2, com projetos e estratégias de avaliação que vão muito além das provas formais.

Complementando essas ações, temos um trabalho com a equipe de professores que não tem olhar apenas para o rendimento acadêmico dos alunos, mas também para a fase de desenvolvimento em que se encontram, com suas necessidades individuais e questões que aparecem na adolescência, necessitando de um olhar diferenciado e atento do adulto que convive para poder mediar de maneira qualitativa. É necessária uma escuta atenta e orientação, que resultam numa relação de confiança, que se reflete no aprendizado, oferecendo um ambiente seguro que permite que esse adolescente cometa seus erros, enfrente-os, acredite e possa crescer.

Este trabalho consistente resulta em um ambiente sociomoral diferenciado, de qualidade, onde as relações acontecem de maneira respeitosa, equilibrada e saudável, fortalecendo o aprendizado e o crescimento de todos.

Guta Meneghelo, Orientadora Educacional do 6° ao 9° ano da Escola Santi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top