skip to Main Content

Como funciona o Ensino por Resolução de Problemas?

A escola é uma segunda casa. Assim como no lar, a escola acolhe, abraça, mas principalmente, ensina e ajuda crianças e adolescentes a se prepararem para uma vida repleta de desafios, seja nos estudos, na vida pessoal, ou, futuramente, no ambiente de trabalho. Muito mais do que apenas transmitir conteúdos, os professores devem proporcionar aos alunos o protagonismo e a autonomia para buscarem as melhores soluções para os problemas do dia a dia, criando repertório e tornando-se aptos para encarar os desafios do cotidiano. Nesse contexto, o Ensino por Resolução de Problemas torna o aprendizado mais significativo, e surge como uma ótima alternativa para a sala de aula.

O que significa ensino pautado em resolução de problemas?

O ensino pautado em resolução de problemas coloca o aluno no centro do processo educativo, oferecendo ferramentas para que possa, progressivamente, reconhecer seus saberes e utilizar estratégias para solucioná-los. “O ensino por resolução de problemas tem embasamento numa concepção de educação que compreende o aluno como sujeito ativo no processo de aprendizagem, que valoriza seus conhecimentos prévios e suas hipóteses pessoais e que defende a ideia de que o conhecimento se constrói de forma significativa quando aquele que aprende tem condições de atribuir sentido aos novos saberes”, conta Emiliam Santos, diretora pedagógica do Infantil 1° ao 2³ ano. 

Neste sentido, as estratégias didáticas buscam incitar os aluno a refletir sobre as diversidade de caminhos possíveis para se resolver um mesmo problema, as vantagens, desvantagens, consequências e significados de cada resultado encontrado. “Mais importante do que memorizar respostas prontas, é conhecer caminhos e ferramentas para buscá-las, essa é uma forma de posicionamento que nosso alunos levam consigo para a vida”, explica a diretora.

E como isso contribui para o desenvolvimento dos alunos?

O ensino por resolução de problemas oferece diversos benefícios que contribuem não só para o aprendizado de sala de aula, mas para a vida toda.  Quando se tornam protagonistas de seu próprio aprendizado, os alunos desenvolvem características que contribuem para aspectos de sua vida social, pessoal e profissional.

  • Constrói inteligência e equilíbrio emocional
  • Estimula a criatividade e a sensibilidade
  • Desenvolve autonomia e confiança na tomada de decisões
  • Aprende a lidar com consequências e cria responsabilidade
  • Amplia as habilidades sociais 
  • Se expressa de maneira ativa, compartilhando e conhecendo outras ideias
  • Respeita e valoriza a diversidade

“Quando incentivamos os alunos e alunas, desde a Educação Infantil, a apresentar suas ideias, a entender que errar faz parte do processo de aprender, a engajar-se diante de uma situação desafiadora e a valorizar as respostas e tentativas dos colegas, estamos certos de que oferecemos base para uma formação muito mais ampla, que serve não somente para as aprendizagens dos conteúdos escolares, mas para todas as situações”, aponta Emiliam.

Como isso é trabalhado na Santi?

Existem diferentes concepções sobre métodos e processos de ensino e aprendizagem. Há escolas que organizam um modelo mais transmissivo, em que a função do professor é de apresentar o conteúdo ao aluno, que deve aprender a reproduzi-lo, porém, essa é uma visão diferente da nossa. O ensino por resolução de problemas é um dos pilares do Projeto Pedagógico da Santi, mas sem deixar de lado o conteúdo do dia a dia. Apresentamos aos alunos questões e situações que mobilizam o estabelecimento de relações entre conhecimentos prévios e novos conteúdos. “É importante salientar que o trabalho com os conteúdos das diferentes áreas do conhecimento estão igualmente presentes no currículo da Escola Santi, porém a abordagem dos mesmos é bastante diferente. A maneira como os conteúdos são abordados permite aos alunos a construção de novas hipóteses e de novas relações, pois compreendemos todos os alunos, desde os bem pequenos, como produtores de cultura”, relata a diretora. Nossos projetos são uma modalidade de organização de ensino que oferecem excelentes oportunidades para agregar conhecimentos do grupo, ampliar e aprofundar conteúdos, propostas e soluções. “Uma das bases do nosso projeto pedagógico é a formação de pessoas autônomas para aprender na escola e fora dela. Acreditamos que os alunos que vivem esse projeto conosco até o final têm as condições para enfrentar os desafios que serão postos, seja qual for a instituição escolhida pelas famílias para o Ensino Médio”, finaliza Emiliam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top