skip to Main Content

Pais erram ao comparar crianças diferentes pelo mesmo padrão

Rosely Sayão – Juliana, mãe de uma garota de quatro anos, está aflita. Foi chamada pela escola e ouviu que sua filha é imatura, porque apresenta comportamentos diferentes dos colegas, e um acompanhamento foi indicado para a menina. Beatriz tem um filho de dois anos que ainda não fala, e os amigos, com filhos em idade semelhante, a deixaram preocupada, porque disseram que o menino deve ter algum problema. Confira aqui. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top